CONSTRUÇÃO DA CRECHE DO CONJUNTO HABITACIONAL FILEMON LIMAVERDE CHEGA À FASE DE ACABAMENTO

BASTANTE ESPERADO PELA COMUNIDADE O EQUIPAMENTO CHEGA A FASE DE ACABAMENTO FINAL.

CONSTRUÇÃO DA CRECHE DO CONJUNTO HABITACIONAL FILEMON LIMAVERDE CHEGA À FASE DE ACABAMENTO
Creche do conjunto Filemon lima verde.

Todo dia, a dona de casa Aparecida Cordeiro, do Conjunto Habitacional Filemon Limaverde, passeia com os filhos pelo local e vê o andamento da obra da Creche Professora Silvany Inácio de Sousa. “Ela pergunta se ela vai estudar aí, mas ela já é grandinha, então eu digo que não. Só o irmão”, comenta. Mãe de três filhos, dois meninos e uma menina, com 16, 10 e 1 ano e 7 meses, respectivamente, Aparecida conta que o bairro vai ficar ainda melhor com a inauguração da creche. E diz que fica impressionada com a celeridade da obra. “Está bem ligeiro. Isso é bom”. Assim como seu filho, o novo equipamento vai atender a 344 crianças do conjunto. Uma ajuda e tanto para as mães que trabalham fora de casa. A obra já cumpriu boa parte do cronograma e a finalização da mesma está prevista para o início de 2020. Atualmente, 20 trabalhadores estão diariamente no canteiro de obras e estão realizando serviços de revestimento. “Estamos passando argamassa para já vim com a cerâmica”, afirma o encarregado José Ailton. O financiamento se dá por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e contrapartida municipal. O equipamento será composto por salas de aula, almoxarifado, sala de professores, entrada, sanitário infantil e para pessoas com necessidades especiais, cozinha, despensa, dentre outros. Além desse equipamento, a gestão municipal também tem garantido a reestruturação das escolas que já existem, realizando uma reforma em toda a infraestrutura das mesmas. “Estamos tomando diversas medidas para que a educação cratense avance e avance com qualidade”, afirma o prefeito Zé Ailton Brasil. E a população reconhece o esforço da gestão. “Tenho gratidão. Fazer isso aqui tudo pra gente. Já ajudou bastante, porque também se não fosse o prefeito a gente não estava aqui. Ele deu uma força muito grande a nós e agora está fazendo essa creche aí. Muitas mães precisam aqui”, finaliza Aparecida Cordeiro.